Connect with us

Testemunha confessa que campanha Presidencial de Bachelet foi financiada por ordem de Lula

NOTÍCIAS

Testemunha confessa que campanha Presidencial de Bachelet foi financiada por ordem de Lula

A construtora OAS, cujo diretor está preso por corrupção, doou 101,6 milhões de pesos chilenos à campanha presidencial de Bachelet

De acordo com Léo Pinheiro o ex-presidente Lula, condenado a 12 anos de prisão por corrupção, teria ordenado o financiamento da campanha presidencial da primeira mulher presidente do Chile, peça fundamental para o apoio ao socialismo do século XXI na região, Michelle Bachelet.

O pagamento foi realizado em 2013 “através de um contrato fictício com a Martelli y Asociados”, empresa de Giorgio Martelli , operador político e colecionador da campanha presidencial de Bachelet. O candidato do Partido Socialista assumiu o cargo em março de 2014.

Ele também confessou, através do acordo de delação negociado com o Ministério Público, que não apenas grupos de negócios estavam envolvidos, mas também os governos da Costa Rica e Chile, bem como a Bolívia na América e a Guiné Equatorial na África.

De acordo com testemunho, Lula disse que conversou com o ex-presidente chileno Ricardo Lagos, também do Partido Socialista, que teria garantido que a construtora brasileira continuaria trabalhando no Chile.

Continue Reading
You may also like...
Deixe um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in NOTÍCIAS

To Top
%d blogueiros gostam disto: