Gilmar Mendes desafia Deputados e Senadores

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, utilizou a sua conta oficial no Twitter para se manifestar contra a iniciativa de deputados e senadores de debater o tema recentemente votado pela Suprema Corte, qual seja a possibilidade ou não da antecipação do cumprimento da pena privativa de liberdade para após a confirmação da condenação pelo Tribunal de segunda instância.

“A presunção de inocência não pode ser esvaziada pela legislação. Reformas para dinamizar o processo são oportunas, como a diminuição dos recursos, o adensamento das hipóteses de prisão preventiva e a regulamentação da prescrição. As mudanças devem efetivar a CF; não subvertê-la”, disse o ministro.

Em vários momentos, durante o seu voto e os votos de seus colegas, o magistrado aproveitou para proferir críticas e ofensas aos membros da Operação Lava Jato e à forma como a força-tarefa conduz suas operações.

Redação Escapuliu: