URGENTE: Com medo da população e sem apoio das forças armadas, Evo Morales, convoca novas eleições na Bolívia.

Manifestação em La Paz contra o presidente Evo Morales da Bolívia, em 9 de novembro de 2019 — Foto: Kai Pfaffenbach/Reuters

Evo Morales acaba de convocar novas eleições na Bolívia.

Depois da auditoria feita pela OEA confirmar que houve fraude nas eleições bolivianas, seguida de protestos massivos nas ruas, e um pronunciamento das forças armadas do país – deixando claro que não iria reprimir o povo, o ditador Evo Morales anunciou novas eleições. Ainda não está claro se ele concorrerá nesse pleito

“Decidi convocar novas eleições nacionais que, mediante o voto, permitam ao povo boliviano eleger democraticamente suas novas autoridades, incorporando novos atores políticos”, disse Evo em pronunciamento em cadeia nacional.

A Bolívia é palco de manifestações há semanas, desde que o Supremo Tribunal Eleitoral interrompeu a publicação dos resultados parciais, na noite das eleições.

Na ultima noite, cerca de 2 milhões de pessoas invadiram as ruas do país para pedir a renúncia de Evo Morales

Redação Escapuliu: