Bolsonaro pode encontrar entrave burocrático para criação do seu novo partido

Excesso de siglas no país pode ser empecilho para criação do partido de Bolsonaro, avaliou ministro Marco Aurélio

Enquanto o presidente Jair Bolsonaro anunciou sua saída do PSL e já traça estratégia para viabilizar a criação do seu novo partido, chamado de Aliança pelo Brasil, o ministro Marco Aurélio Mello, do STF, disse nesta terça-feira, 12, que o “Brasil já tem partidos em demasia”.

“Resta saber se vai haver aprovação (pelo TSE). Eu, quando estive na atuação no TSE, na aprovação dos últimos partidos eu votei pela desaprovação. Eu creio que o Brasil já tem partidos em demasia”, afirmou o ministro antes da sessão da Primeira Turma do Supremo, da qual é integrante.

Marco Aurélio é ministro substituto do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a quem caberá avaliar futuramente o eventual pedido de criação de uma nova sigla. Atualmente, há 32 agremiações registradas na Corte Eleitoral.

*Com informações do Estadão

veja mais:

Redação Escapuliu: