Connect with us

Sergio Moro rebate critica de Gilmar Mendes

JUSTIÇA

Sergio Moro rebate critica de Gilmar Mendes

Sergio Moro negou nesta segunda que houve manipulação ou falsidade na divulgação do famoso áudio entre os ex-presidentes Lula e Dilma que foi apontado como tentativa de obstrução da Lava Jato.

Ao rebater fala de Gilmar Mendes sobre o caso, o ministro da Justiça afirmou que o ministro do STF deve assumir o fato de ter suspendido a posse de Lula como ministro da Casa Civil de Dilma. “Não houve manipulação. Ele tomou a decisão, ele assuma a responsabilidade que tomou na época”.

Em entrevista ao programa Roda Vida, da TV Cultura, Moro disse que não existem razões obscuras para a publicidade da interceptação que alcançou os petistas e rejeitou a tese de que o áudio teve influencia no processo de impeachment de Dilma.

De acordo com o ministro da Justiça, o que foi verificado na época foi a tentativa de obstrução da Justiça com a posse de Lula como ministro de Dilma. Moro afirmou que o que se entendeu, da PF e do MP, é que os áudios deveriam vir a público, sendo que não é responsabilidade do juiz verificar se ia ter reflexo no impeachment ou não.

“Tornei público. Pode olhar a decisão e dizer concordo ou não. As razões estão lá. Não existem razões obscuras. Não houve manipulação. Não houve manipulação”, afirmou.

Moro ainda disse que um diálogo entre Lula e Temer foi superdimensionado.
“O ex-presidente Lula ia falar para Michel Temer que está querendo escapar da justiça? Acha que ia falar isso? francamente”.

O ministro da Justiça rejeitou ainda que tenha influenciado as eleições de 2014 ao autorizar a divulgação do depoimento de Antonio Palocci.

Fonte: ‘O Antagonista’

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in JUSTIÇA

Advertisement

Em Alta

Advertisement

NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

To Top