Connect with us

“Matei mesmo, mas eram todos bandidos”

POLÍTICA

“Matei mesmo, mas eram todos bandidos”

Em meio à confusão que se transformou a visita do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, o deputado Glauber Braga (Psol-RJ) e Éder Mauro (PSD-PA) discutiram e quase se agrediram fisicamente, mas foram separados por colegas.

Após a confusão Glauber falou para a imprensa que o deputado Éder havia confessado assassinatos. Procurado pelo Congresso em foco, Éder disse que o diálogo realmente aconteceu.

“Ele me chamou de miliciano e eu disse que já matei muita gente sim, mas eram todos bandidos”, afirmou Éder Mauro. O hoje deputado se refere ao tempo em que atuou como delegado de polícia no Pará.

Glauber, como bom defensor de bandidos que é, ficou horrorizado

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in POLÍTICA

Advertisement

Em Alta

Advertisement

NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

To Top