Connect with us

“Povo armado legalmente jamais será ultrajado”, diz Bolsonaro sobre protesto nos EUA

NOTÍCIAS

“Povo armado legalmente jamais será ultrajado”, diz Bolsonaro sobre protesto nos EUA

O presidente Jair Bolsonaro fez uma publicação em referência aos protestos que ocorrem nos Estados Unidos há oito dias consecutivos, após a morte do americano George Floyd.

Floyd foi morto por um policial, que terminou lhe sufocando ao colocar o seu joelho no pescoço do homem durante a sua abordagem. Pela dificuldade de respirar, Floyd teve uma parada cardíaca e pulmonar, o que terminou resultando no seu falecimento.

Essa foi a conclusão da autópsia oficial, segundo informações do Jornal de Notícias. “O efeito combinado da detenção e imobilização da polícia sobre Floyd, o histórico médico e a possível presença de substâncias psicoativas no corpo provavelmente contribuíram para a sua morte”, diz o relatório preliminar.

Entretanto, uma autópsia independente contratada pela família de Floyd divergiu da oficial. Os peritos concluíram que o americano morreu por asfixia mecânica apenas e não por ataque cardíaco.

O doutor Michel Baden, responsável pela apuração, afirmou que o motivo da morte de Floyd foi a pressão no pescoço e também nas costas, pressão provocada por três policiais ajoelhados sobre ele, informou o G1.

Bolsonaro sobre protestos

Como resultado da morte de Floyd, vários protestos foram desencadeados nos Estados Unidos, mas atualmente eles não correspondem mais à causa inicial. A própria família do americano rechaçou os atos violentos que se espalharam pelo país.

“Minha família é uma família pacífica; minha família é uma família temente a Deus”, disse o irmão do americano, Terrence Floyd, segundo informações do Opinião Crítica. “Vamos fazer isso de outra maneira. Vamos parar de pensar que para nós não é importante votar. Vamos mudar, faça isso pacificamente, por favor”, enfatizou.

Os atos supostamente em reação à morte de Floyd culminaram em uma onda de vandalismo, roubos e até mortes. Para protegerem suas propriedades, muitos americanos montaram barreiras nas ruas e em frente a estabelecimentos comerciais, portanto armas para se defender.

Foi nesse contexto de tensão que o presidente Jair Bolsonaro compartilhou um vídeo em que um grupo de americanos fortemente armados aparece protegendo suas propriedades. “Povo armado legalmente jamais será ultrajado, roubado ou escravizado”, comentou o presidente.

“Acredito em Deus, no Brasil e na maioria do seu povo”, destacou. Assista o vídeo abaixo:

Deixe um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in NOTÍCIAS

Advertisement

Em Alta

Advertisement

NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Tendências

To Top