Connect with us

“Exigir a punição dos culpados não é vingança, mas, sim, império da lei”, diz Moro

JUSTIÇA

“Exigir a punição dos culpados não é vingança, mas, sim, império da lei”, diz Moro

Em artigo publicado nesta segunda-feira (18) no jornal O Estado de S.Paulo, Sergio Moro, faz uma defesa enfática da prisão após condenação em segunda instância, contrariando a decisão do STF, e insta o Congresso a aprovarem seu “pacote Anticrime” para alterar a Constituição sobre o tema.

“Exigir a punição dos culpados não é vingança, mas, sim, império da lei”, afirma Moro, alfinetando aqueles que o criticam pela prisão política de Lula antes do processo eleitoral.

“Sim, devemos proteger o acusado, mas também temos de responder às violações dos direitos das vítimas, o que exige a efetiva punição dos culpados num prazo razoável. Isso deve depender exclusivamente da existência ou não de provas, e não da capacidade do acusado de utilizar os infindáveis recursos da legislação brasileira”, relatou no texto.

Moro relatou mais de uma vez que a condenação deve acontecer desde que existam “provas categóricas, claras como a luz do dia”

“Ninguém pode ser condenado criminalmente sem que existam provas categóricas, claras como a luz do dia. A essência do direito é cláusula pétrea, não pode ser alterada sequer por emenda constitucional e ninguém de bom senso defenderia a relativização dessa regra”.

Deixe um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in JUSTIÇA

Advertisement

Em Alta

Advertisement

NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Tendências

To Top
%d blogueiros gostam disto: