Connect with us

Lockdown: Projeto autoritário de Witzel é derrubado na Alerj

Lockdown de Witzel sofre derrota na Alerj

NOTÍCIAS

Lockdown: Projeto autoritário de Witzel é derrubado na Alerj

Placar de votação, que aconteceu de forma virtual, terminou com um voto a favor, 55 contra e 13 abstenções

Nesta terça-feira (19), a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) votou por arquivar um projeto de lei que daria autorização ao governo do estado para decretar lockdown. O placar de votação, que aconteceu de forma virtual, terminou com um voto a favor, 55 contra e 13 abstenções.

Um dos argumentos utilizados por vários parlamentares ao votarem contra o projeto foi a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que autoriza prefeitos e governadores a decretarem as medidas mais severas de restrição

A decisão representa uma derrota para o governador do RJ, Wilson Witzel, que teria mais respaldo jurídico para decretar o lockdown. De acordo com o autor da proposta, deputado Renan Ferreirinha (PSB), o projeto iria “dar aval popular e dividir o ônus político com Witzel”.

A proposta pedia que fosse suspensa toda a atividade não essencial e também a limitação de reuniões de pessoas em espaços públicos ou privados. Determinava ainda a regulamentação de horário de serviços públicos e essenciais; a suspensão da circulação de veículos particulares (exceto em casos específicos); a suspensão de entrada e saída de veículos do estado e multa pelo descumprimento das regras.

Em suas redes sociais, o deputado Carlos Jordy (PSL) celebrou a decisão da Assembleia.

– A pressão funcionou para derrubar o projeto de lockdown. A mesma pressão funciona para derrubar o ditador – escreveu.

Deixe um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in NOTÍCIAS

Advertisement

Em Alta

Advertisement

NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Tendências

To Top
%d blogueiros gostam disto: