Connect with us

Médica chinesa diz ter provas de que novo coronavírus foi criado em laboratório chinês

MUNDO

Médica chinesa diz ter provas de que novo coronavírus foi criado em laboratório chinês

A médica Li-Meng Yan, virologista chinesa, afirmou que o novo coronavírus foi produzido em um laboratório em Wuhan, que é controlado pelo governo da China.

As declarações foram dadas ao programa britânico “Loose Woman”, em 11 de setembro, durante uma entrevista.

Li-Meng Yan assegura que o governo chinês tinha conhecimento antecipado da capacidade de propagação do vírus.

Ela diz ter comprovação da origem do vírus no genoma do microorganismo, e informou que fará a publicação de um artigo com todas as evidências científicas que comprovam as denúncias apresentadas.

“A sequência do genoma é como a impressão digital humana. Com base nisto, pode reconhecer e identificar esta coisa. Assim, utilizei as provas existentes na sequência do genoma de Sars-CoV-2 para dizer às pessoas porque é que isto veio da China, porque é que eles são os únicos que o fizeram”, afirmou a profissional de Saúde.

Ainda segundo ela, “este vírus não é da natureza”, mas sim de um experimento do Instituto Militar da China, que teria descoberto que a modificação laboratorial de dois organismos, batizados de CC45 e ZXC41, originava um novo vírus.

A informação tem sido bastante repercutida no mundo, a exemplo do grupo CNN, que também já registrou sobre o assunto. Aqui, no Brasil, o portal Poder360 também publicou uma matéria sobre o assunto.

Ainda durante a entrevista, ela disse que precisou buscar refúgio nos Estados Unidos após a descoberta.

O governo chinês negou todas as acusações. O País diz ter atuado imediatamente para tentar impedir a propagação do vírus.

Deixe um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in MUNDO

Advertisement

Em Alta

Advertisement

NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Tendências

To Top
%d blogueiros gostam disto: