Connect with us

‘Menor hoje pode cheirar paralelepípedo de crack, menos trabalhar’, lamenta Bolsonaro

OPINIÃO

‘Menor hoje pode cheirar paralelepípedo de crack, menos trabalhar’, lamenta Bolsonaro

Bolsonaro comentou nesta terça-feira, 25, sobre o trabalho infantil, em evento promovido pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), em Brasília.

“Bons tempos, né? Onde o menor podia trabalhar. Hoje ele pode fazer tudo, menos trabalhar, inclusive cheirar um paralelepípedo de crack, sem problema nenhum”,

Afirmou Bolsonaro ao empresariado presente no Congresso Nacional da Abrasel, transmitido ao vivo e apresentado pelo presidente da entidade, Paulo Solmucci, como uma conversa do presidente com “donos de botequim”.

Bolsonaro contava a empresários e lobistas do setor, que pedem socorro ao governo por causa da crise durante a pandemia da covid-19, ter trabalhado em um bar aos 10 anos, por ordem do pai. Ele foi aplaudido pelos empresários assim que contou a história.

“Meu primeiro emprego, sem carteira assinada, obviamente, tinha 10 anos de idade, foi no bar do seu Ricardo em Sete Barras, Vale do Ribeira”, disse Bolsonaro, sob aplausos. “Eu estudava de manhã e à tarde, das 2 (horas) da tarde até as 6, 7 (horas) da noite… Tinha pouca gente no bar, a galera que gosta de uma birita chega um pouquinho mais tarde, e eu trabalhava ali com ele, meu pai me botou lá.”

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo

Leia Mais:

Deixe um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in OPINIÃO

Advertisement

Em Alta

Advertisement

NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Tendências

To Top
%d blogueiros gostam disto: