Connect with us

Preso que se declarou mulher é transferido para presídio feminino e engravida detenta

MUNDO

Preso que se declarou mulher é transferido para presídio feminino e engravida detenta

O caso aconteceu na Argentina, lei do país permite mudança de gênero quantas vezes alguém quiser.

Um detento que cumpria pena em uma penitenciária na cidade de Córdoba, Argentina, resolveu mudar de nome e se declarar mulher. Após alegar a mudança de gênero, ele foi colocado numa prisão para mulheres. Algumas semanas depois, uma delas ficou grávida após relações com o homem que acrescentou a desinência “a” em seu nome, passando a chamar-se Gabriela.

Embora este caso tenha acontecido há dois meses, o episódio veio a público semana passada, através da história do advogado Juan Gacitúa, no programa argentino “El show de la Mañana”.

“A lei é muito mais rápida do que a infraestrutura que o Estado pode fornecer” disse o advogado com relação ao que aconteceu, uma vez que, segundo ele, houve várias reclamações de mulheres que se queixaram da presença da autodeclarada prisioneira, na prisão feminina:

“O prisioneiro, Gabriel, mudou seu nome para Gabriela e o Serviço Penitenciário, por ordem de um juiz, transferiu-o da prisão masculina para a prisão feminina”, disse Gacitúa. “Isso é garantido por lei. Foi lá que ele fez contato com as detentas e engravidou uma delas.”

Gabriel havia sido preso por violência contra mulheres. Após ter engravidado uma das detentas, pasmem: um juiz decidiu libertá-lo da prisão.

*As informações são do portal Estudos Nacionais

Continue Reading
You may also like...
Deixe um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in MUNDO

Advertisement

Em Alta

Advertisement

NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Tendências

To Top
%d blogueiros gostam disto: