Connect with us

Procuradora da Lava Jato quer entrar com ação contra Glenn

JUSTIÇA

Procuradora da Lava Jato quer entrar com ação contra Glenn

De acordo com informações da Folha, a procuradora Thaméa Danelon pediu para ingressar como “assistente de acusação na causa em que Glenn Greenwald e outras seis pessoas são acusadas de hackear telefones de autoridades”.

A procuradora foi a comandante dos trabalhos da Lava Jato em São Paulo e teve seu celular hackeado no mesmo período em que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro.

Supostas mensagens de Danelon trocadas com o procurador da Lava Jato, Deltan Dallagnol, chegaram a ser expostas no site The Intercept.

Além da procuradora de São Paulo, a juíza Diana Maria Wanderlei, da 5ª Vara Federal do Distrito Federal, também teria pedido para ingressar na acusação após ser alvo dos hackers.

Glenn, no entanto, nega ter participado do processo de invasão.

Deixe um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in JUSTIÇA

Advertisement

Em Alta

Advertisement

NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Tendências

To Top
%d blogueiros gostam disto: