Connect with us

Sem citar nome, Bolsonaro avisa: “vai chegar a hora dele e minha caneta funciona”

Bolsonaro diz que demitirá alguns de seu governo, fala sobre erros na escolha de ministros e mais

NOTÍCIAS

Sem citar nome, Bolsonaro avisa: “vai chegar a hora dele e minha caneta funciona”

O presidente foi ao encontro dos cidadãos que tinham se reunido em frente ao palácio do Alvorada para um dia de jejum e oração

No fim da tarde deste domingo (05) o presidente, Jair Bolsonaro, em uma breve entrevista no Palácio da Alvorada, falou sobre a possibilidade de demissão de ministros do governo, sem citar o nome do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

“Escolhi por critério técnico, errei alguns, alguns já foram embora. Para ele, o que vale é o Brasil é ele estando no poder e continuar fazendo tudo aquilo que faziam em governos anteriores. E a força, se a gente não mudar isso, é do povo”, afirmou o presidente

Adiante, Bolsonaro afirma que o “poder subiu a cabeça”, que antes, no início de seu governo, eram “pessoas normais”, mas que de repente “viraram estrelas e falam pelos cotovelos, tem provocações. A hora dele ainda não chegou, vai chegar e a minha caneta ainda funciona”. A declaração do presidente é seguida por clamores de “améns” de pessoas que acompanhavam as falas presidenciais.

“Não tenho medo de usar a caneta, nem pavor e ela vai ser usada para o bem do Brasil. Não é para o meu bem. Nada pessoal meu”, frisou Bolsonaro.

Assista o vídeo:

Deixe um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in NOTÍCIAS

Advertisement

Em Alta

Advertisement

NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Tendências

To Top
%d blogueiros gostam disto: