Connect with us

Jean Wyllys chama Karol Elles de fascista e relativiza ataque sofrido pela youtuber

NOTÍCIAS

Jean Wyllys chama Karol Elles de fascista e relativiza ataque sofrido pela youtuber

O ex-BBB Jean Wyllys (PSOL-RJ), ativista da causa LGBT+ e ex-deputado, comentou a agressão contra a youtuber lésbica e bolsonarista Karol Eller.

“Karol aprendeu da pior maneira que, sim, a homofobia existe e que os homofóbicos estão se sentindo mais livres para perpetrar violências contra LGBTs desde que a extrema-direita se tornou hegemonia política e Bolsonaro venceu as eleições no Brasil”, escreveu o ex-bbb em seu blog no UOL.

De forma covarde e sorrateira o ex-deputado, que abandonou seu mandato e fugiu do Brasil para espalhar narrativas pelo mundo, chamou Karol de fascista e diz que a youtuber “fez e faz parte do time de LGBTs que se prestaram e se prestam a passar pano ou a negar a homofobia de Bolsonaro e da extrema-direita brasileira, e a atacar o movimento LGBT”

Eller, que é conhecida por apoiar o presidente Jair Bolsonaro, foi vítima de um ataque homofóbico, no último domingo. A agressão aconteceu em um quiosque na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Nas redes sociais Carla Zambelli criticou o artigo publicado por Wyllys. A deputada expressou indignação após o ex-deputado ter chamado Karol Eller de fascista.

“Que tipo de pessoa seria covarde a ponto de escrever um artigo xingando de ‘fascista’ uma mulher que acabou de ser espancada e ainda está se recuperando da agressão? Tinha que ser o Jean Wyllys, claro” ,escreveu Zambelli

Deixe um comentário

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

More in NOTÍCIAS

Advertisement

Em Alta

Advertisement

NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

Tendências

To Top